Quinta-feira, 4 de Dezembro de 2008

Novo blog

Link para o meu novo cantinho.... Espero lá por voces.
Obrigado por lerem os devaneios que escrevo.


publicado por sensei às 11:07

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 10 de Abril de 2008

Magoaste-me....

As palavras que proferiste

Foram duras e aguçadas

Foi com elas que me feriste

Logo após serem arremessadas

 

As palavras não voltam mais

Depois de as dizeres

Ficam marcadas nos anais

Descrevem ódios e prazeres

 

As que ontem proferiste

Denotavam mágoa e amargura

Tu estavas de espada em riste

Tu eras uma guerreira dura

 

Não tinhas razão

Para me magoares daquela maneira

De ferires o meu coração

De o deixares com farpas de madeira

 

Eu sei que tu erraste

E tu hoje sabes também

Aquilo foi um desastre

Foi algo que não te ficou bem

 

O teu orgulho não permite

Que me voltes a falar

Nem movido com dinamite

Esse orgulho eu iria derrubar

 

Tenho pena que assim seja

Que te deixes influenciar

Por alguém que te inveja

E que finge te querer ajudar

 

Sabes onde estou

A lamber as feridas

De lá sair não vou

Não desperdices mais oportunidades das nossas vidas….

 

publicado por sensei às 14:01

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 1 de Abril de 2008

Tempo de infancia passada

Longe vão os tempos

Em que jogava na calçada

Em que o campo de futebol

Era no meio da estrada

 

Os tempos em que escrevia

Bilhetes ás raparigas

Em que sentia força para tudo

Para esmagar gigantes e formigas

 

Os tempos da inocência

Longe eles vão

Esses tempos de irreverência

Esses tempos de paixão

 

Os tempos de amores eternos

Que duravam uma hora

E dos quais nos recompúnhamos

Numa recuperação sem demora

 

Os tempos em que amigos

Eram todos os que conhecíamos

E por eles nós lutávamos

E por eles nós vencíamos

 

Longe vão os tempos

Em que a maior preocupação

Era marcar um golo

 Ou ver desenhos animados de acção

 

Os tempos em que inimigos

Eram uns seres monstruosos

Mas que se tornavam amigos

E passavam a ser amorosos

 

Tempos em que todos querem

Ser bombeiros ou herói

Onde a ferida no coração

Não sangrava, nem era um dói-dói

 

Esse tempo de inocência

Que teimamos em deixar

Era o tempo que eu gostava

E gostava de para ele voltar

 

Dinheiro nada valia

Bastava um papel com um cifrão

Para sermos os mais ricos

Da vila, da cidade ou da nação

 

Mas porque temos que crescer

E deixar a inocência

E o fazemos a correr

Sem uma única advertência

 

Ninguém nos advertiu

Quando queríamos crescer

Que o tempo infantil

Era o melhor que iríamos ter.

 

publicado por sensei às 13:32

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 20 de Setembro de 2007

Falta de diálogo?

Este é um poema que tenta traduzir as conversas de uma familia normal, quando estão juntos.

 

Morreu a tia Quinhas

Mas tu viste aquele golo?

O gajo deve ser mariquinhas.

Dizem que houve dolo.

 

A massa está fria

Mas que raio de morte

Aqueles barcos que andam na ria

O gajo veio do norte

 

Põem a televisão mais alta

Hoje joguei futebol de salão

A minha mãe teve alta

Ao lanche bebi um galão

 

Que gaja boa ali vai

Eu quero rebuçados

Põem isso direito se não cai

Porra, tenho os cordoes desapertados

 

O meu chefe anda maluco

Tá calado de uma vez

Aprendi a escrever cuco

Que grande merda ele fez

 

Dói-me a barriga

Não tens nada que se coma

O João fez-me uma cantiga

Tem um acidente, está em coma

 

Olha, olha para aquilo

Já tou farto de te ouvir

Sabias que há um delta no Nilo

E o gajo começou a fugir

 

A gaja é tão boa

Eu não gosto de ervilhas

Eu disse joaninha voa voa

Eu prefiro o país das maravilhas

 

Tou a falar pró boneco?

Espera, deixa-me ouvir

Apareceu-me em mabeco

Foda-se, o velho começou a tossir

 

Que coisas o meu patrão tem

Preciso de comprar roupa

Eu na moto a cem

Olha que ela não poupa

 

Tenho uma coisa a dizer

Já sei, já sei

Olha estas calças para coser

Admito, eu sou gay.

 

Tu és o quê?

Eu sou gay

És gay porquê?

Aconteceu, não sei.

 

Filho meu paneleiro

És a desgraça da família

Eu um másculo torneiro

Que tenho um filho que é panila

 

Pára de chorar

A culpa é tu, mulher

Com a mania de o mimar

Agora abafar a palhinha ele quer.

 

Mas agora a sério

Eu não sou gay

Precisava era da vossa atenção

Para vos dizer que casei….

 

sinto-me: BEEEEMMMMM
publicado por sensei às 13:09

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 19 de Junho de 2007

Aeroporto? Qual aeroporto?

Já começa a meter nojo tanta discusao em volta do tema aeroporto. Primeiro era a Ota, unica solucao encontrada pelo governo, mas que nao agradava a quase ninguem, so mesmo aos gajos da Ota que iam ficar a ganhar com mais pessoal ali a passar.

Depois vem o aeroporto em Alcochete. Ninguem do governo se tinha lembrado de fazer o aeroporto ali, porque para eles aquilo e um deserto que nao vale a pena explorar.

Por fim, e descobri hoje de manha isso, ha o pessoal do Porto a querer que fique o aeroporto que esta a funcionar e que se construa mais um pequeno para ajudar aquele.

Desta ultima opcao so nao percebo uma coisa, o que tem o pessoal do Porto a ver com o aeroporto de Lisboa? Se calhar ate arranjo uma resposta para esta minha pergunta estupida, mas... Sera que o pessoal do norte (verdadeiros Portugueses), querem que fique o aeroporto que esta agora a funcionar, quase dentro da cidade de Lisboa, porque o risco de um aviao cair e fornicar aquilo tudo e maior? Sera que nao e so o Pinto da Costa a querer a superioridade do Norte sobre o Sul?

Na minha humilde opiniao, que me diz respeito a mim e so interessa a mim e meia duzia de parvos que leem isto e ouvem o que eu digo, acho que estas solucoes estao todas mal. Se eu manda-se alguma coisa nesta porra nao havia tanta discussao em torno de um problema tao simples de resolver.

O aeroporto na Ota nao resolve problema nenhum a Lisboa porque fica longe, as pessoas tem que andar muito tempo ate la chegar e nao gosto da Ota. Nao me perguntem porque nao gosto daquilo, nunca la fui nem tenho intensao de la ir, mas as vezes que eu ja ouvi falar daquela terra e as discussoes que ja provocou por causa do aeroporto nao pode ser grande terra. Tudo poderia estar bem em Portugal e nao havia discussoes importantes se nao fosse a Ota. O partidos politicos, que nao sao exemplo para ninguem, discutem por causa de que? Por causa da Ota. Nunca os ouvi dizer que iam discutir por causa do aeroporto, dizem sempre que vao discutir por causa da Ota. Isto e a mesma coisa, fazendo um paralelismo para o quotidiano, e sendo os partidos politicos um casal, ja que passam a vida a discutir uns com os outros, tentam fazer amor um com os outros (ja que se anda sempre a tentar foder uns aos outros), mas acabam sempre por jantar e almocar juntos e passam a vida a dormir todos juntos no parlamento, a Ota e nada mais nada menos que a amante de um deles que pode levar ao terminos do casamento. Eles acabam sempre por se entenderem seja qual for o assunto, mas a Ota acho que nao vai ser assim, dai eu nao gostar da Ota porque vai desfazer um casamento que nao funciona, mas que aparentemente esta tudo bem, e nos sabemos que as aparencias e que importam. Como tal abaixo a Ota, destruidora de casamento.Mas nao e so defeitos na Ota. A unica virtude que aquilo tem e que se nota que os Lisboetas tentam chegar ao norte transportando cada vez mais para cima as infraestruturas que tinham na cidade, para verem se conseguem ser Portugueses de puro sangue. Mas desde ja digo que nao tem hipotese.

Quanto a Alcochete ate percebo o ponto de vista do Governo. Eu tive de ir a Beja no fim de semana e aquilo parece mesmo um deserto. De certo tem certo tempo la ha um oasis. A diferenca e que naquele deserto nao e so areia e tem sempre estradas com rectas longas que da para o pessoal dormir enquanto o carro anda. O que nao percebo e o porque de quererem levar o aeroporto mais pra sul. Lisboa ja e a mourotanea, nao precisa de ir mais pra sul, para marrocos para serem considerados mouros. Outro problema e ter ali perto a academia de Alcochete, onde treina o Sporting. Nao ficava bem a Portugal, depois de aterrarem neste jardim a beira mar plantado, os turistas verem logo a equipa do Sporting. Se eles tiverem uma ma imagem de nos, depois de verem o Sporting ainda ficam piores. Ja imaginaram o que e vir alguem a Portugal pela primeira vez e verem logo o Paulo Bento com aquele cabelo a parolo e a dizer sempre "Com tranquilidade". Agora que penso nisso, o Sporting treinar naquela zona tem a ver com a tranquillidade do Paulo Bento. Afinal de contas eles estao pros lados do Alentejo, onde tudo e feito com tranquilidade. E normal que eles nao cheguem a lado nenhum rapidamente como queriam, afinal de contas sao mesmo alentejanos. Outra coisa que nao seria muito bom ver era reparar que uma equipa que se diz grande em Portugal e treinada pelo Paulinho. Eu desconfio que o Paulinho tem muitos mais conhecimentos de futebol que qualquer treinador que passe pelo Sporting, e muito mais de certeza que os putos que por la jogam. Afinal de contas, e eu acho muito bem, o GRANDE Paulinho (que eu gosto muito) e o elemento da equipa tecnica que a mais tempo trabalha no Sporting e que trabalhou com mais treinadores. O Sporting e o Paulo Bento deviam comecar a admitir que quando o Paulinho faz a equipa e comanda os treinos o Sporting e campeao, quando vai pra la outro badameco qualquer, quanto muito ganham a taca, porque e o unico trofeu em que o Paulinho nao admite ser substituido como treinador.

Mas voltando aos aeroportos. A terceira opcao, defendida pelo pessoal do Porto tem os seus pros e contras. Eu ja percebi que eles querem que o aeroporto fique em Lisboa. Que Lisboa nao se tente expandir nem pra cima nem pra baixo, tem o sitio dela e por ali deve ficar. Eu nesse ponto concordo plenamente. Agora vao construir um aeroporto mais pequeno onde? e que nao ha assim tanto lugar numa cidade que cresceu sem rei nem roca (as loicas deles sao todas Valadares). Eles se nao tem um aeroporto maior e porque nao tiveram visao de futuro. Agora temos nos que andar a pagar novos aeroportos porque? Eu nao uso o aeroporto de Lisboa e acho que o que tem chega muito bem, como tal acho que nao devia pagar para eles terem um aeroporto novo.

Eu acho que a solucao passa por nao se fazer nada e aproveitar o que esta feito. Antigamente as pessoas passavam de um lado pro outro do rio so pela ponte Salazar (Agora estupidamente chamada 25 de Abril, quando no 25 de Abril ja a ponte ca estava). Agora temos outra ponte que e a ponte Vasco da Gama. Vasco da Gama nunca construiu pontes pois nao? Sempre andou de barco, certo? Entao para que queremos nos aquela ponte de homenagem a Vasco da GAma? Deviamos era passar a ponte para pisca de aterragem, obrigar as pessoas a passarem pela ponte 25 de Abril, ou entao de barco, como fazia Vasco da Gama. Eu acho que a ponte podia ser aproveitada para o aeroporto. Naqueles nos de cada lado da ponte dava para fazer os parques para estacionar os avioes e tudo o resto. Aquilo tem muito espaço. Com a largura e comprimento de pista que aquilo ia ter ate dava para aterrar dois e levantar dois ao mesmo tempo. Se nao desse tambem nao era problema, porque se baterem e cairem caem na agua o que amortece sempre a queda. O perigo de haver acidentes era menor. Se um aviao falha-se a pista, so havia vitimas fora do aviao, se por muito azar ali andassem de barco, e uns quantos peixes. Mas tambem se andassem ali de barco e porque nao tavam a trabalhar e o pais precisa e de pessoas que trabalhem, nao de malandros qeu andam a passear.

E por isso que vou voltar ao trabalho. Por isso e por a minha chefe ja ter olhado pra mim duas vezes e ter reparado que tou a olhar mt pro computar, o que nao e normal, e daqui a bocado vem ca ver se estou realmente a trabalhar ou nao.

Vou trabalhar, para ajudar a desenvolver Portugal, que e pra isso que me pagam, nao para escrever em blogs.

 

Abreijos rapaziada e toca a trabalhar.

 

publicado por sensei às 13:55

link do post | comentar | favorito

.Relogio

relojes web gratis

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Novo blog

. Magoaste-me....

. Tempo de infancia passada

. Falta de diálogo?

. Aeroporto? Qual aeroporto...

.arquivos

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Contador

clasificados
clasificados
blogs SAPO

.subscrever feeds