Terça-feira, 10 de Julho de 2007

...

Deitado na cama

Ver-te dormir,

Enquanto eu acordado,

Continuo a sorrir.

 

O prazer que tivemos,

Os gemidos que ouvimos,

Os momentos "inquietos"

Que por nós foram vividos.

 

Nesta cama de prazer,

Onde agora estou só,

Gostaria de te ca ter,

Sinto no coração um nó.

 

O nó da tua ausencia

O nó de longe estar,

Isto leva-me a demencia,

Isto dá-me falta de ar.

 

Não respiro o teu odor,

Do teu corpo suado.

Não um suor com fedor,

Mas o suor de ser amado.

 

Este suor tem alma,

Tem um aroma especial,

Quando me abraças com calma,

Sinto que ninguém me pode fazer mal.

 

Falta-me essa protecção,

falta-me esse teu amor,

Sinto muita inquietação

A tua falta causa-me dor.

 

Volta depressa pra mim,

Não aguento muito mais.

Saudades assim,

Só pelo meu amor e pelos meus pais.

 

publicado por sensei às 10:48

link do post | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Novo blog

. ADEUS

. PORTUGAL

. IGNORANCIA

. Mas que noite...

. SOZINHO

. Faltas-me tu

. Beijo

. Tenho medo de morrer

. O mundo pode acabar

.arquivos

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Contador

clasificados
clasificados
blogs SAPO

.subscrever feeds