Quarta-feira, 7 de Novembro de 2007

Um dos meus grandes amores

Ainda hoje não percebo

Como tudo aconteceu

Eu fui muito estafermo

Ao deixar-me cobrir pelo teu véu

 

Na minha vida entraste

Um pouco para minha afirmação

Mas da minha vida te apoderaste

Sem apelo nem permissão

 

Foi um amigo que nos apresentou

Numa noite de verão

Não imaginava ele que despoletou

A maior e amarga traição

 

Foi o céu no princípio

O purgatório o seguiu

O inferno teve início

Quando a minha razão caiu

 

Tive vezes em que tentei

Para trás te deixar

Mas acredita que só eu sei

O quanto te cheguei a amar.

 

Das vezes em que tentava

Desfazer-me das tuas garras

A tua voz por mim chamava

E mais forte apertavas as amarras

 

Nesses tempos fui fraco

Não tive amor por mim

Nesses tempos fui fraco

Mas esses tempos chegaram ao fim

 

As loucuras que cometi

Para te poder ter comigo

Foram tempos que vivi

Afogado no meu umbigo

 

Roubei, enganei e pedi

Para te poder comprar

Mas só depois senti

Que me estava a matar

 

Agora estou livre

Espero para ti não voltar

Agora estou livre

Voltei-me a desamarrar.

 

Droga, tu não tens a culpa

Mas fizeste-me errar

Não te podem dar a culpa

De alguém te amar

 

As pessoas é que são fracas

Ou tu é que és forte

Mas horas doces e amargas dás

E a alguns até causas a morte

tags: , ,
publicado por sensei às 17:00

link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De fofinhatuga a 7 de Novembro de 2007 às 17:42
Por ter vivido e convivido com pessoas que a experimentaram nas mais diversas "áreas", tb eu fui tentada a experimenta-la na sua vertente mais "fraca" : tabaco.
Longe vao os anos de fumadora e mesmo agora quando por algo grave me sinto tentada a voltar, fumei um cigarro e logo me senti triste e frustrada.
Penso em mim, na minha saude, naquilo que valho e quero ainda fazer e sei q as drogas n valem a pena.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Novo blog

. ADEUS

. PORTUGAL

. IGNORANCIA

. Mas que noite...

. SOZINHO

. Faltas-me tu

. Beijo

. Tenho medo de morrer

. O mundo pode acabar

.arquivos

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Contador

clasificados
clasificados
blogs SAPO

.subscrever feeds