Segunda-feira, 26 de Novembro de 2007

Visão diferente

Procurei no passado

Alguém que me vaticina-se o futuro

Mas fiquei amuado

Com um vaticínio tão duro.

 

Tentei encontrar

Onde foi que errei

Mas acabei por achar

Que o mal foi que nunca acertei

 

Cometi pequenos erros

Que julguei inofensivos

Cometi pequenos erros

Que no final foram decisivos

 

Amei muitas mulheres

E nenhuma eu amei

Porque em relação a mulheres

Parece que só as usei

 

Mas tenho que dizer

Que nunca tive intenção

De usar uma mulher

Para terminar com o meu tesão

 

Ameias de verdade

Se calhar de forma fugaz

E hoje até podia ter vaidade

Das mulheres que deixei para trás

 

Mas vaidade eu não tenho

Porque com todas cresci

Mas orgulho tenho

Por tudo o que com elas vivi

 

Ainda hoje há quem diga

Que lhe salvei o casamento

Alguém que continua minha amiga

Alguém que lhe demonstrei a fuga do tormento

 

Porque algumas mulheres que tive

Foi comigo que se libertaram

Pois ainda hoje tive

Mensagens de mulheres que me “amaram”

 

Fui quem lhes demonstrei

Que os seu homem era o certo

Que elas estavam bem

Para não arriscarem no incerto

 

Fui também eu

Que os olhos lhes abri

Que lhes levantei o véu

E lhes demonstrei como se fugia dali

 

Solitário eu continuo

Triste e abandonado

Frio como um muro

Com medo de ser amado

 

Porque por vazes dou comigo a pensar

Que o usado fui eu

Mas depois para me animar

Penso que assim ganhei o céu.

publicado por sensei às 16:28

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Terça-feira, 20 de Novembro de 2007

Parabens ao campeão

Hoje descobri

Se calhar da pior forma

Que sonhei que venci

Mas que nem sempre o sonho real se torna

 

Perdi mais uma vez

A oportunidade de ganhar

Mas senti que desta vez

A vitória estive quase a conquistar

 

Faltou treino

Faltou coragem

Determinação

Se calhar, mais rodagem

 

Agora tenho que honrar

Quem justamente me venceu

E estar pronto a recomeçar

O caminho para alcançar o céu

publicado por sensei às 14:08

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Quinta-feira, 15 de Novembro de 2007

Vencer ou morrer...

Tenho medo de falhar

E de defraudar alguém

Tenho medo de não ganhar

E tornar-me um Zé-ninguém

 

Todos temos nas nossas vidas

Oportunidades de vencer

Se as oportunidades forem bem vividas

Só um resultado vamos ter

 

Todos queremos ganhar

Uma dessas oportunidades

Sei que a minhas está a chegar

Mas isso não me enche de vaidades

 

Antes, sinto responsabilidade

E sinto o que esperam de mim

Mas seu que na verdade

Isso não será o fim

 

Mais do que ninguém

Eu quero ganhar

Mais do que ninguém

Esta oportunidade quero agarrar

 

Tenho tudo feito

Para me treinar

Mas com efeito

Começo a recear

 

Não sei se estarei à altura

Por inúmeras razões

Mas prometo que bravura

Vão sentir nos vossos corações

 

Quero ir longe

Para poder não só ganhar

Eu quero vencer

E o título arrecadar

 

Será que sou capaz

Nesta ultima oportunidade

Será que sou capaz

De vencer de verdade?

 

Sinto angustia, receio e desejo

Quer chegue o momento final

Sinto força, gana e desejo

De ganhar essa final.

publicado por sensei às 10:58

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 7 de Novembro de 2007

Um dos meus grandes amores

Ainda hoje não percebo

Como tudo aconteceu

Eu fui muito estafermo

Ao deixar-me cobrir pelo teu véu

 

Na minha vida entraste

Um pouco para minha afirmação

Mas da minha vida te apoderaste

Sem apelo nem permissão

 

Foi um amigo que nos apresentou

Numa noite de verão

Não imaginava ele que despoletou

A maior e amarga traição

 

Foi o céu no princípio

O purgatório o seguiu

O inferno teve início

Quando a minha razão caiu

 

Tive vezes em que tentei

Para trás te deixar

Mas acredita que só eu sei

O quanto te cheguei a amar.

 

Das vezes em que tentava

Desfazer-me das tuas garras

A tua voz por mim chamava

E mais forte apertavas as amarras

 

Nesses tempos fui fraco

Não tive amor por mim

Nesses tempos fui fraco

Mas esses tempos chegaram ao fim

 

As loucuras que cometi

Para te poder ter comigo

Foram tempos que vivi

Afogado no meu umbigo

 

Roubei, enganei e pedi

Para te poder comprar

Mas só depois senti

Que me estava a matar

 

Agora estou livre

Espero para ti não voltar

Agora estou livre

Voltei-me a desamarrar.

 

Droga, tu não tens a culpa

Mas fizeste-me errar

Não te podem dar a culpa

De alguém te amar

 

As pessoas é que são fracas

Ou tu é que és forte

Mas horas doces e amargas dás

E a alguns até causas a morte

tags: , ,
publicado por sensei às 17:00

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 5 de Novembro de 2007

De Amor e Amizade

Passados alguns anos

Passados alguns momentos

Nós tivemos coragem

De falar de sentimentos

 

Dissemos o que queríamos

Dissemos o que nos desiludiu

Falamos do que sentíamos

E tudo lá evoluiu

 

No final de tal conversa

Tudo se resolveu

Decidimos que o melhor

Era a amizade, até ao céu

 

Lá partimos destroçados

Mas alegres também

Já fomos seres apaixonados

Agora somos grandes amigos

Que se querem muito bem.

publicado por sensei às 14:57

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 4 de Novembro de 2007

A Luta Que Quero Ganhar

Eu não quero morrer

Mas se a morte me vier buscar

Ela vai ter que saber

Que estou disposto a lutar

 

Vai ter que trazer com ela

O seu melhor exercito de sempre

Porque para mim a vida é bela

E não me deixo enganar pela serpente

 

Dor, angustia e sofrimento

Com ela vão ter que marchar

Porque para meu contentamento

Amizade e amor a meu lado vão lutar

 

Eu não quero morrer

Não quero abandonar este lugar

Eu quero é viver

Eu ainda tenho muito para caminhar

 

A morte não me assusta

A morte não me atrapalha

Vamos travar uma batalha justa

E eu vou ganhar esta batalha

 

Pode vir disfarçada

Ou mesmo mandar alguém

Vou estar com a guarda sempre alçada

Para combater, se aparecer alguém

 

Eu não quero morrer

E nas trevas ficar

Eu quero viver

Nesta terra de encantar

 

Eu não quero morrer

E para o céu seguir

Eu quero é viver

Muitos anos que hão-de vir

 

Ainda quero deixar descendentes

Plantar arvores e escrever um livro

Quero solucionar amores pendentes

E para isso tenho que estar vivo.

 

Eu não quero morrer

Eu vou é viver

Porque este é o meu querer

E é assim que vai ser

 

Que a minha morte venha

Porque estou disposto a lutar

Que o melhor exercito com ela venha

Porque não tenho duvidas que vou ganhar

publicado por sensei às 23:24

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 1 de Novembro de 2007

Ao Meu Grande AVÔ

Hoje recordei os falecidos

Rezei pelos vivos

Recordei momentos perdidos

Revi momentos vividos

 

Hoje procurei o silêncio

A escuridão e o isolamento

Hoje procurei a companhia

De quem me falta cá dentro

 

Procurei a companhia

De quem tanto me ensinou

Procurei a companhia

De quem muito me mimou

 

O seu caminhar pausado

A sua maneira de falar

O estatuto conquistado

Na terra que me ensinou a amar

 

Os passeios que demos

As vezes que ao cinema me levou

Ainda hoje nós dizemos

Neto do Zezinho eu sou

 

A dor da sua perda

As sirenes a tocar

É um momento de merda

Que preferia não recordar

 

Porque hoje ainda dói

Esse momento final

Hoje ainda me dói

Ver partir um espírito tão jovial

 

Ao meu avô que Deus tenha

Milhões de beijos, quero dar

Que ele saiba que cá na Terra

Ainda tem muita gente que não o deixa de amar

 

Para sempre, o meu Avô, o Grande Zezinho – Chefe dos Bombeiros

publicado por sensei às 20:54

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.Relogio

relojes web gratis

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Novo blog

. ADEUS

. PORTUGAL

. IGNORANCIA

. Mas que noite...

. SOZINHO

. Faltas-me tu

. Beijo

. Tenho medo de morrer

. O mundo pode acabar

.arquivos

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Contador

clasificados
clasificados
blogs SAPO

.subscrever feeds