Quarta-feira, 27 de Junho de 2007

-------

Nao sei muito bem o que colocar como titulo, mas....

Hoje venho falar-vos de um medo meu, que me atormenta a algum tempo, mas que hoje se reavivou por uma noticia que vinha nos jornais.

Chris Benoit, ao que tudo indica, assassinou a sua familia e suicidou-se depois.

Isto pode parecer estupido, e se calhar até é, mas um dos meus medos é ter tudo e no fundo não ter nada. Que pode ter levado um homem, com uma vida que penso ser boa, bom ordenado, uma familia, amigos, boas casas, a assassinar a sua esposa e o seu filho de 7 anos? Será que ele tinha mesmo tudo o que queria, ou faltava-lhe algo que para ele seria muito mais importante que todos estes bens que eu citei?

Custa-me a crer que um homem daqueles, que tanto tempo passou a treinar, a competir, a divertir os outros, preferisse terminar com a sua vida em vez de lutar uma vez mais.

Será que ninguém reparou que ele precisava de ajuda? Que ele não estava bem? Ou será que tudo aconteceu, como diz a minha avó, numa hora do Diabo?

Não deve ser facil viver com a culpa de ter morto um filho de 7 anos, nem a mulher que vive connosco. Pelo que vem nos jornais, os assassinatos deram-se num dia e ele suicidou-se noutro dia, noutro momento, noutra situação.

Será que uma discussão levou a este triste final?

Se ele se suicidou no dia seguinte, ou horas depois, será que foi ainda da "loucura" que tinha, ou será que foi da vergonha que sentiu por ter cometido tal acto tão brutal?

Eu tenho medo que me aconteça o mesmo, que num momento do Diabo cometa uma tolice que depois me arrependa. Já o fiz, mas nunca com um final tao mau. Não percebo, e tenho medo de nao perceber, porque se mata uma criança de 7 anos. Será que ele tinha tanta culpa para morrer?

Como diz o Pedro Abrunhosa, gostava que alguém me levasse este fantasma.

As vezes temos tudo e nao temos nada, faltanos algo que é muito importante para nós, que os outros nao sabem, nao conseguem ver, ou nao querem ver.

" de que serve ter um mapa

se o fim está traçado

de que serve a terra a vista

se o barco está parado

 

de que serve ter a chave

se a porta está aberta

de que servem as palavras

se a casa está deserta..."

 

Ás vezes é isto que acontece, temos o mapa mas nao conduzimos a nossa vida, vemos a terrra mas nao seguimos em direcçao dela, temos a chave mas nao precisamos ou nao queremos utilizar, e até podemos ter a casa cheia, mas para nós pode parecer deserta.

Como já li, a maior solidão é estarmos numa sala cheia de gente e sentirmo-nos sózinhos.

 

Tenho medo de ser má pessoa, de erra de forma irremediavel, de depios nao ter coragem de admitir e acabar comigo. Logo eu que gosto de viver.

 

Desculpem este desabafo, mas....

 

beijinhos e abraços

sinto-me: estranho
publicado por sensei às 13:47

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 22 de Junho de 2007

Significados

Não me perguntem porque, mas hoje dei por mim a pensar no verdadeiro significado de várias palavras, muitas vezes utilizadas, mas nem sempre assim entendidas.

Por vezes há confusões unica e simplesmente, pela intrepretação que fazemos de algumas palavras.

Geralmente temos dificuldade em compreender algumas palavras, a maioria relacionadas com sentimentos. É por isso que eu vos pedia ajuda. Se não fosse muito incomodo eu gostaria de saber o que voces entendem por:

-AMOR

-RESPEITO

-EU AMO-TE

-QUERO FICAR CONTIGO PARA SEMPRE

-NÃO TE QUERO MAGOAR / NÂO QUERO QUE SOFRAS.

 

Estas são algumas palavras e expressões que me custa por vezes entender e que gostaria que me dissessem o que entendem por cada uma delas.

São palavras ditas muitas vezes entre pessoas que tem uma relação.

Podem-me ajudar?

 

Obrigado

publicado por sensei às 14:02

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 21 de Junho de 2007

Prostituicao: Legalizar ou nao legalizar

Há um tema que eu gostava de ver discutido na assembleia da Républica. Eles já discutiram o aeroporto, o aborto e coisas que nao interessam ao menino Jesus, porque nao discutir algo que verdadeiramente interessa e que ia ajudar a clarificar muitas coisas.Eu acho que se devia despenalizar, ou mesmo liberalizar, ou mesmo legalizar a prostituicao.

Eu tou mesmo a falar a serio. Só nos ia ajudar a nós, ás/aos prostitutas/os e ao país. Isto é mesmo verdade, se nao vejamos:

- Todos nós, e quando digo todos nós refiro-me aos que trabalhamos e descontamos, descontamos para o governo, para a seguranca social (que ta nas lonas) e para tudo e mais alguma coisa. Tambem é verdade que temos certas regalias, que nao sei quais sao, mas que dizem que temos. Se nós repararmos bem, há pessoas que nao descontam porque nao tem que descontar. O desempregados nao descontam mas continuam, muitos deles a fornicar a sociedade porque nao trabalham porque nao querem, porque o dinheiro lhes chega a casa sem se esforcarem. Depois temos o caso, por exemplo, das prostitutas que nao descontam porque nao tem profissao.

Se elas fizessem parte da classe operária, descontavam como nós e já podia ser que baixassem os impostos, porque o volume de negocio delas por vezes é bem alto.

Isto trás é um problema que os nossos governantes nao sabem resolver. É que eles depois iam ser englobados na classe das prostitutas tambem, para desgraca das ultimas. Se nao vejamos: eles fodem-nos de todas as maneiras e feitos, levam-nos o dinheiro e se queremos algo sério e fiável temos que procurar sempre a outra pessoa ou entidade. O que fazem as prostitutas? Praticam sexo connosco de todas as maneiras e feitios, levam-nos o dinheiro e se queremos algo serio temos que procurar outra pessoa.

Coitadas das prostitutas que iam ter na mesma classe os politicos, tavam fornicadas.

Mas, em frente.

O que acontece a uma prostituta no final da sua carreira?

Nada, ela nao pode ter final da carreira porque nao tem direito a reforma, porque nao descontou. Se ela tivesse descontado, tinha reforma e nao precisava de andar a fazer figuras tristes na rua como algumas coitadas andam.

Nisto elas voltam a ser parecidas com os politicos. Eles tambem andam no parlamento ja todos caqueticos a fazer figuras tristes em vez de andarem a gozar a reforma.

Outra coisa que seria melhor com a legalizacao da prostituicao, era o fim das mulheres de rua. Elas podiam abrir as suas proprias casas de alterne, como aquela em que a Carolina Salgado trabalhava. Podiam abrir como se abre uma loja. Ter regras que tinham que cumprir, como sanidade e assim, e terem uma fiscalizacao como tem as lojas. Isto ia fazer com que deixassemos de ver o degredo que é elas estarem na estrada, quer chova ou quer faca sol.

Depois elas teriam que passar, como antigamente, por uma junta médica todos os meses, para detectar doencas e outros problemas para a profissao delas. Seriam acompanhada por medicos e psicologos, e podia ser que algumas deixassem essa vida. Isto ia fazer com que muitas das doencas transmissiveis fossem diagnosticadas, e assim o risco de contagio seria menor.

As prostitutas teriam que passar recibo, como qualquer loja, ja que elas vendem prazer. Esse recibo seria dedutivel no IRS. Assim acabavamos com muitos problemas que temos hoje em dia. Um deles era o Apito Dourado.

Se elas já passassem recibo na altura do Apito Dourado, agora era fácil ir ver se realmente foi o Pinto da Costa, ou o F. C. do Porto que pagaram os seus servicos, ou se foi a Carolina Salgado que lhes pediu um favor de amigas para depois tentar denegrir o Pinto da Costa e o F. C. Porto.

É claro que isto nao seria assim tao fácil, ja que o que nao falta prai sao "Putas" desfarcadas de senhoras e senhores, que passam a vida a "foder" o colega do lado e nao passam cartao, nem recibo a ninguem.

Vou lancar a campanha: "Legalizem a Prostituicao", quem se quiser juntar ou adicionar ideias é favor dizer.

 

Beijinhos e abraços cambada

publicado por sensei às 13:44

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 19 de Junho de 2007

Aeroporto? Qual aeroporto?

Já começa a meter nojo tanta discusao em volta do tema aeroporto. Primeiro era a Ota, unica solucao encontrada pelo governo, mas que nao agradava a quase ninguem, so mesmo aos gajos da Ota que iam ficar a ganhar com mais pessoal ali a passar.

Depois vem o aeroporto em Alcochete. Ninguem do governo se tinha lembrado de fazer o aeroporto ali, porque para eles aquilo e um deserto que nao vale a pena explorar.

Por fim, e descobri hoje de manha isso, ha o pessoal do Porto a querer que fique o aeroporto que esta a funcionar e que se construa mais um pequeno para ajudar aquele.

Desta ultima opcao so nao percebo uma coisa, o que tem o pessoal do Porto a ver com o aeroporto de Lisboa? Se calhar ate arranjo uma resposta para esta minha pergunta estupida, mas... Sera que o pessoal do norte (verdadeiros Portugueses), querem que fique o aeroporto que esta agora a funcionar, quase dentro da cidade de Lisboa, porque o risco de um aviao cair e fornicar aquilo tudo e maior? Sera que nao e so o Pinto da Costa a querer a superioridade do Norte sobre o Sul?

Na minha humilde opiniao, que me diz respeito a mim e so interessa a mim e meia duzia de parvos que leem isto e ouvem o que eu digo, acho que estas solucoes estao todas mal. Se eu manda-se alguma coisa nesta porra nao havia tanta discussao em torno de um problema tao simples de resolver.

O aeroporto na Ota nao resolve problema nenhum a Lisboa porque fica longe, as pessoas tem que andar muito tempo ate la chegar e nao gosto da Ota. Nao me perguntem porque nao gosto daquilo, nunca la fui nem tenho intensao de la ir, mas as vezes que eu ja ouvi falar daquela terra e as discussoes que ja provocou por causa do aeroporto nao pode ser grande terra. Tudo poderia estar bem em Portugal e nao havia discussoes importantes se nao fosse a Ota. O partidos politicos, que nao sao exemplo para ninguem, discutem por causa de que? Por causa da Ota. Nunca os ouvi dizer que iam discutir por causa do aeroporto, dizem sempre que vao discutir por causa da Ota. Isto e a mesma coisa, fazendo um paralelismo para o quotidiano, e sendo os partidos politicos um casal, ja que passam a vida a discutir uns com os outros, tentam fazer amor um com os outros (ja que se anda sempre a tentar foder uns aos outros), mas acabam sempre por jantar e almocar juntos e passam a vida a dormir todos juntos no parlamento, a Ota e nada mais nada menos que a amante de um deles que pode levar ao terminos do casamento. Eles acabam sempre por se entenderem seja qual for o assunto, mas a Ota acho que nao vai ser assim, dai eu nao gostar da Ota porque vai desfazer um casamento que nao funciona, mas que aparentemente esta tudo bem, e nos sabemos que as aparencias e que importam. Como tal abaixo a Ota, destruidora de casamento.Mas nao e so defeitos na Ota. A unica virtude que aquilo tem e que se nota que os Lisboetas tentam chegar ao norte transportando cada vez mais para cima as infraestruturas que tinham na cidade, para verem se conseguem ser Portugueses de puro sangue. Mas desde ja digo que nao tem hipotese.

Quanto a Alcochete ate percebo o ponto de vista do Governo. Eu tive de ir a Beja no fim de semana e aquilo parece mesmo um deserto. De certo tem certo tempo la ha um oasis. A diferenca e que naquele deserto nao e so areia e tem sempre estradas com rectas longas que da para o pessoal dormir enquanto o carro anda. O que nao percebo e o porque de quererem levar o aeroporto mais pra sul. Lisboa ja e a mourotanea, nao precisa de ir mais pra sul, para marrocos para serem considerados mouros. Outro problema e ter ali perto a academia de Alcochete, onde treina o Sporting. Nao ficava bem a Portugal, depois de aterrarem neste jardim a beira mar plantado, os turistas verem logo a equipa do Sporting. Se eles tiverem uma ma imagem de nos, depois de verem o Sporting ainda ficam piores. Ja imaginaram o que e vir alguem a Portugal pela primeira vez e verem logo o Paulo Bento com aquele cabelo a parolo e a dizer sempre "Com tranquilidade". Agora que penso nisso, o Sporting treinar naquela zona tem a ver com a tranquillidade do Paulo Bento. Afinal de contas eles estao pros lados do Alentejo, onde tudo e feito com tranquilidade. E normal que eles nao cheguem a lado nenhum rapidamente como queriam, afinal de contas sao mesmo alentejanos. Outra coisa que nao seria muito bom ver era reparar que uma equipa que se diz grande em Portugal e treinada pelo Paulinho. Eu desconfio que o Paulinho tem muitos mais conhecimentos de futebol que qualquer treinador que passe pelo Sporting, e muito mais de certeza que os putos que por la jogam. Afinal de contas, e eu acho muito bem, o GRANDE Paulinho (que eu gosto muito) e o elemento da equipa tecnica que a mais tempo trabalha no Sporting e que trabalhou com mais treinadores. O Sporting e o Paulo Bento deviam comecar a admitir que quando o Paulinho faz a equipa e comanda os treinos o Sporting e campeao, quando vai pra la outro badameco qualquer, quanto muito ganham a taca, porque e o unico trofeu em que o Paulinho nao admite ser substituido como treinador.

Mas voltando aos aeroportos. A terceira opcao, defendida pelo pessoal do Porto tem os seus pros e contras. Eu ja percebi que eles querem que o aeroporto fique em Lisboa. Que Lisboa nao se tente expandir nem pra cima nem pra baixo, tem o sitio dela e por ali deve ficar. Eu nesse ponto concordo plenamente. Agora vao construir um aeroporto mais pequeno onde? e que nao ha assim tanto lugar numa cidade que cresceu sem rei nem roca (as loicas deles sao todas Valadares). Eles se nao tem um aeroporto maior e porque nao tiveram visao de futuro. Agora temos nos que andar a pagar novos aeroportos porque? Eu nao uso o aeroporto de Lisboa e acho que o que tem chega muito bem, como tal acho que nao devia pagar para eles terem um aeroporto novo.

Eu acho que a solucao passa por nao se fazer nada e aproveitar o que esta feito. Antigamente as pessoas passavam de um lado pro outro do rio so pela ponte Salazar (Agora estupidamente chamada 25 de Abril, quando no 25 de Abril ja a ponte ca estava). Agora temos outra ponte que e a ponte Vasco da Gama. Vasco da Gama nunca construiu pontes pois nao? Sempre andou de barco, certo? Entao para que queremos nos aquela ponte de homenagem a Vasco da GAma? Deviamos era passar a ponte para pisca de aterragem, obrigar as pessoas a passarem pela ponte 25 de Abril, ou entao de barco, como fazia Vasco da Gama. Eu acho que a ponte podia ser aproveitada para o aeroporto. Naqueles nos de cada lado da ponte dava para fazer os parques para estacionar os avioes e tudo o resto. Aquilo tem muito espaço. Com a largura e comprimento de pista que aquilo ia ter ate dava para aterrar dois e levantar dois ao mesmo tempo. Se nao desse tambem nao era problema, porque se baterem e cairem caem na agua o que amortece sempre a queda. O perigo de haver acidentes era menor. Se um aviao falha-se a pista, so havia vitimas fora do aviao, se por muito azar ali andassem de barco, e uns quantos peixes. Mas tambem se andassem ali de barco e porque nao tavam a trabalhar e o pais precisa e de pessoas que trabalhem, nao de malandros qeu andam a passear.

E por isso que vou voltar ao trabalho. Por isso e por a minha chefe ja ter olhado pra mim duas vezes e ter reparado que tou a olhar mt pro computar, o que nao e normal, e daqui a bocado vem ca ver se estou realmente a trabalhar ou nao.

Vou trabalhar, para ajudar a desenvolver Portugal, que e pra isso que me pagam, nao para escrever em blogs.

 

Abreijos rapaziada e toca a trabalhar.

 

publicado por sensei às 13:55

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 18 de Junho de 2007

TOu todo roto

 Hoje é um dia muito complicado para mim. Este fim de seman estive em prova, num torneio internacional que se realizou em Beja. Ja estava magoado nas costelas, mas mesmo assim a loucura leva-me sempre a por o prazer de competir em primeiro e as dores e a saude em segundo. O problema destas coisas é que no dia seguinte estou todo roto e quase nao me mexo.

Hoje pareço o Marco Horacio, o homem sem pescoço. Não consigo virar a cabeça, porque ontem ao tentar fazer uam técnica fiz como a aveztruz e fui de cabeça ao chao. Nao seria nada de grave se nao tivesse as minhas costas um badocha de 116 quilos. Como é lógico o meu escoço e costas hoje nao tao la muito famosos. Tava bem era deitadinho de papo pro ar a ver se as dores passavam.

Mas nao posso, tenho que trabalhar, que é para isso que me pagam. Como tal nao posso andar praqui a escrever em blogs, tenho mesmo que lhe dar, se nao a minha chefe até me esgana.

 

Beijinhos e abraços, e até a proxima.

 

P.S.: Para quem ficou curioso (que acho que nao foi ninguem), eu fiquei em segundo

sinto-me: F...dido
publicado por sensei às 13:21

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 14 de Junho de 2007

O meu valor deve ser mesmo muito mas mesmo muito baixo

Porque sera que as pessoas por vezes estragam tudo num momento?

Hoje o meu dia estava a correr bem, estava a sentirme bem a conseguir-me alhear minimamente dos problemas que me afectam a mim e a minha familia, mas de repente tudo se acaba.

A minha ex-namorada, acredito que nao por mal, brincou com uma coisa que nao admito a ninguem. Ela diz que nao me quis ofender, mas no fundo foi o que conseguiu fazer. Ela pos uma opcao que nunca devia ter posto ninguem, muito menos ela que me deveria conhecer minimamente, Eu nao admito que gozem com a minha familia, muito menos com a situacao que agora estamos a atravessar, e por a hipotese que ela pos e que nao vou dizer qual foi, acho que e a pior coisa que hoje me podiam ter dito.

Nos nestes ultimos tempos ate nos tinhamos entendido bem, tinhamos falado muito, tenhamos estado em contacto. Podia esperar aquela "boca" ou brincadeira de qualquer pessoa, menos da minha ex.

Ela conseguiu fazer-me enterrar na merda de novo.

porque sera que as pessoas, quando tudo esta bem ou caminha para estar bem, estragam tudo? Sera que e do ser humano o querermos estar sempre a destruir o que construimos para depois reconstruir de novo?

Tou farto disto tudo, preferia nao estar ca.

 

Beijinhos e abraços

sinto-me: na merda
tags: ,
publicado por sensei às 17:18

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.Relogio

relojes web gratis

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Novo blog

. ADEUS

. PORTUGAL

. IGNORANCIA

. Mas que noite...

. SOZINHO

. Faltas-me tu

. Beijo

. Tenho medo de morrer

. O mundo pode acabar

.arquivos

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Contador

clasificados
clasificados
blogs SAPO

.subscrever feeds