Quarta-feira, 22 de Agosto de 2007

...

Tenho uma vida de merda

Não porque não tenha que comer

Tenho uma vida de merda

Porque não gosto do que tenho que fazer.

 

Durante muito tempo,

Vivi na ilusão

Encontros com mulheres

Em troca de tesão.

 

Tive muitas mulheres

Na minha vida curta

Tive muitas mulheres

Para as quais eu não passava de uma puta.

 

Marcava encontros com elas

Bebiamos uma bebida

No meu quarto ou no delas

Criavamos uma cena divertida.

 

Tive desde de solteiras

Casadas e divorciadas

Desde colegiais, a depravadas

De ingenuas a safadas.

 

Nunca aceitei

Porque não querer marcar ninguem

Estar com mulheres virgens

Porque preferia que as desflora-se alguem.

 

Não por ter nojo do sangue

Ou de coisas do género

Mas acho que não sou pessoa indicada

Para a marcar de forma tão afincada.

 

publicado por sensei às 11:46

link do post | comentar | favorito
|

.Relogio

relojes web gratis

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Novo blog

. ADEUS

. PORTUGAL

. IGNORANCIA

. Mas que noite...

. SOZINHO

. Faltas-me tu

. Beijo

. Tenho medo de morrer

. O mundo pode acabar

.arquivos

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Contador

clasificados
clasificados
blogs SAPO

.subscrever feeds