Quinta-feira, 16 de Agosto de 2007

a morte do artista

Tentei escrever

Algo que fosse engraçado

Mas depois comecei a ver

Que não passo de um desgraçado

 

tentei escrever

Algo de fosse real

Mas comecei a escrever

Algo que me seria fatal

 

tentei escrever

algo inteligente

Mas depois que iria ler

Certamente não muita gente

 

tentei escrever

algo que fala-se de sexo

Gostaria eu de ter

Escrito algo com nexo

 

tentei escrever

algo saido de mim

Mas logo comecei a feder

A morte ja habita em mim

 

Tentei escrever

algo do meu coração

mas nunca la nada consegui reter

Amor, ódio ou compaixão.

 

tentei escrever

algo genial

Nunca o conseguiria fazer

não passo de um animal

 

Hoje senti que acabei

a minha obra superior

O que escrevi eu nao sei

Mas nunca vou conseguir melhor

 

Estas são as palavras

Que escrevo antes de morrer

O artista que vós vedes

nunca mais ireis voltar a ver.

publicado por sensei às 14:47

link do post | comentar | favorito
|

.Relogio

relojes web gratis

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Novo blog

. ADEUS

. PORTUGAL

. IGNORANCIA

. Mas que noite...

. SOZINHO

. Faltas-me tu

. Beijo

. Tenho medo de morrer

. O mundo pode acabar

.arquivos

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Contador

clasificados
clasificados
blogs SAPO

.subscrever feeds