Segunda-feira, 27 de Outubro de 2008

ADEUS

 

Já não te acelero o coração
Nem sequer coras ao me beijares
Dizes que não há remissão
Que já nada tens para me dares
 
Acho que tas enganada
Acho que ainda podíamos voltar
Podíamos ser uma dupla felizarda
Pois eu sei que nos podíamos amar
 
Dizes que só queres amizade
Que já não te dou tesão
Mas será essa a verdade
 Será que não é essa a tua ilusão
 
Todos os que te rodeiam
Todos os teus amigos e colegas
São pessoas que me odeiam
E que te levam a dar-me negas
 
Mudei a vida por ti
Mudei a forma de viver
Mas mudei, mas mudas-te também, e eu não vi
E deixas-te de me querer
 
Não se brinca assim com o coração
Com os sentimentos de ninguém
Sei que nunca terei perdão
Mas eu só quero o teu bem
 
Vou desaparecer
Não quero mais estar neste lugar
Não te posso ter
Prefiro eu próprio me mudar.
 
Vou fechar-me de vez
Deixar de pensar
Pois se não me queres
Prefiro nem respirar
 
Acaba aqui
Tudo o que desejei
Este é o final
Do que não comecei
 
Beijos e abraços
Que sejas muito feliz
Que tenhas a felicidades das estrelas
Algo que não de ti não fiz….
 
Adeus, morri….

 

 

 

 

Este é o ultimo "poema" ou jogo com palavras que escrevo. Aqui termina tudo, aqui termino eu. Obrigado pelos comentarios que fizeram, pelo tempo que perderam a ler estes devaneios, mas aqui tudo termina.

Obrigado pelo que me fizeste viver C. e pelo que me ajudas-te e te preocupas-te comigo.

Obrigado M. por tudo. Obrigado por seres frontal tambem.

Obrigado Mãe, és a melhor das mães do mundo. Obrigado por teres feito de mim o que sou e desculpa se nao sou o que desejas-te.

Obrigado Pai por tudo o que me ensinas-te e pelas vezes que me deste na cabeça.

Obrigado Mano por toda a força que me tens dado para que eu possa seguir em frente.

Obrigado amigos, amigas, colegas e conhecidos, por tudo o que tem vivido comigo, obrigado a todos voces.

Hoje acaba aqui este devaneio. desapareço, mas nao se preocupem, que tal como o Santana Lopes "vou andar por aí".....

publicado por sensei às 15:53

link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De Catarina a 27 de Outubro de 2008 às 16:22
Olá
Apesar de triste gostei do poema!
Estás a escrever tão bem. porque que te vais?

jinhos
De fofinhatuga a 27 de Outubro de 2008 às 17:11
A M. quis falar, isto é, a Miriam.
Acabares com teu blog não faz sentido e tu sabes que não faz...é algo que te permite desabafar, por ca para fora ideias, incertezas, medos, frustrações, sonhos que fazem parte da tua vida e do teu crescimento enquanto adulto.
Muito aprendi contigo, muito chorei e ri ao ler os teus meros jogos de palavras, como lhes chamavas.
Jogos de palavras que tinham sempre um destinatário, mesmo tu dizendo que não... uma situação que te tinha deixado triste, uma pessoa que te tiha magoado e que atravéz deste blog punhas a nú, desabafavas.
Desculpa se não fiz parte da tua vida como um dia gostaria de ter feito, desculpa ter-te pressionado quando tudo parecia ser evidente.Mas eu sou assim...eu não sabia do que já existia...
Brincar com coração e sentimentos de alguém nunca o faria, porque para mim as pessoas são importantes e não meros corpos usados para satisfação de prazeres furtuitos.
Tu és importante e sempre mas sempre me preocupei contigo e vou preocupar...quero ver-te feliz.
Da M., que um dia foi bruxinha....
Beijo grande
De Miguel a 28 de Outubro de 2008 às 00:30
Não acabes com este blog. Os jogos não terminam assim, só porque tu queres, mesmo estes de palavras. Estes jogos têm outros jogadores como eu que precisam de ler estas palavras ao fim de um dia de trabalho, para sentirem outra vez o coração a bater com força.

Miguel

miguelzucho@yahoo.com.br
De Gti a 29 de Outubro de 2008 às 11:00
Migo,
A Gti, que tu sabes bem que te adora e que te tem sempre no coração pede-te que não o faças, não feches o teu blog...
Tal como diz a M. os teus poemas fazem-nos bem, transmitem-nos alegria, saudade, tristeza, enfim... um conjunto de sentimentos.
Os teus "jogos de palavras" são muito mais do que isso, são sentimentos puros personificados...
Não andes por ai, como o SL, fica e faz-nos sorrir e sentir que LER continua a ser um PRAZER!!!
Beijo com saudade,
Gti
De Porque te amo... a 27 de Novembro de 2008 às 09:35
Já há muito que não te comento, mas continuo a visitar-te...
Não te vás de vez, faz apenas uma pausa para o coração poder recuperar. Já viste que tens muitas pessoas que te lêem...

Se precisares de alguma coisa, apesar de sermos "estranhos" um para o outro, sabes onde me encontrar... e não precisas de hesitar!
De sensei a 28 de Novembro de 2008 às 14:34
Obrigado.
Há um novo blog, da uma vista de olhos:
http://indesejado.blogs.sapo.pt

Comentar post

.Relogio

relojes web gratis

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Novo blog

. ADEUS

. PORTUGAL

. IGNORANCIA

. Mas que noite...

. SOZINHO

. Faltas-me tu

. Beijo

. Tenho medo de morrer

. O mundo pode acabar

.arquivos

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Contador

clasificados
clasificados
blogs SAPO

.subscrever feeds