Quinta-feira, 10 de Abril de 2008

Magoaste-me....

As palavras que proferiste

Foram duras e aguçadas

Foi com elas que me feriste

Logo após serem arremessadas

 

As palavras não voltam mais

Depois de as dizeres

Ficam marcadas nos anais

Descrevem ódios e prazeres

 

As que ontem proferiste

Denotavam mágoa e amargura

Tu estavas de espada em riste

Tu eras uma guerreira dura

 

Não tinhas razão

Para me magoares daquela maneira

De ferires o meu coração

De o deixares com farpas de madeira

 

Eu sei que tu erraste

E tu hoje sabes também

Aquilo foi um desastre

Foi algo que não te ficou bem

 

O teu orgulho não permite

Que me voltes a falar

Nem movido com dinamite

Esse orgulho eu iria derrubar

 

Tenho pena que assim seja

Que te deixes influenciar

Por alguém que te inveja

E que finge te querer ajudar

 

Sabes onde estou

A lamber as feridas

De lá sair não vou

Não desperdices mais oportunidades das nossas vidas….

 

publicado por sensei às 14:01

link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De fofinhatuga a 10 de Abril de 2008 às 15:01
Espectacular
Está mt bem feito este poema, adoro a história.
Por vezes falamos sem pensar, dizemos coisas que nos magoam na altura e que vamos acomulando, mas não da maneira mais correcta.
Nem sempre a cabeça comanda o coração e quando isso não acontece, a mágoa vem ao de cima, a tristeza, as interrogações e tudo parece uma forte rajada de vento que leva tudo a frente.
Jinhos anjo.
De fofinhatuga a 10 de Abril de 2008 às 15:06
Adorei, está espectacular o poema e a história:)

Por vezes falamos sem pensar, dizemos o que sentimos em dada altura e não importa como sai, apenas nos queremos libertar da tristeza, da raiva,...
Mas depois quando olhamos para tras, vemos o quanto perdemos em falar dessa forma...Humanos...

Jinhos anjo

Comentar post

.Relogio

relojes web gratis

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Novo blog

. ADEUS

. PORTUGAL

. IGNORANCIA

. Mas que noite...

. SOZINHO

. Faltas-me tu

. Beijo

. Tenho medo de morrer

. O mundo pode acabar

.arquivos

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Contador

clasificados
clasificados
blogs SAPO

.subscrever feeds