Quinta-feira, 20 de Dezembro de 2007

Desisto

Hoje eu desisto

Desisto de lutar

Desisto de esperar por ti

Desisto de te amar

 

Hoje vou mudar

Toda a minha forma de viver

Não sei por onde começar

Mas sei que por algum lado vai ser

 

Já esperei de mais

Por uma resposta tua

O meu coração não aguenta mais

Já é muita a amargura

 

Vou renascer

Deste amor bandido

Vou ter que crescer

Vou voltar a sentir-me vivo

 

Vou procurar alguém

Com quem possa ser feliz

Vou amar verdadeiramente alguém

Coisa que só contigo fiz

 

Se me vires a passar

Podes sempre falar

Porque só te acenar

É algo que me vai magoar

 

Estou aqui para ti

Não como tive até agora

Porque até hoje não vivi

Como já tinha vivido outrora

 

Já fui muito feliz

Já sorri de contentamento

Desde que te vi isso não fiz

Vivi unicamente no lamento

 

Lamentei não te ter

Lamentei não te conquistar

Hoje sei que assim terá que ser

É agora que vou recomeçar

 

Fecho o meu coração

A todas as mulheres

Pois eu tenho noção

Que não lhes causo prazeres

 

Aqui me despeço

De possível amante

Aqui é o começo

Da minha vida de errante

 

Amigo sempre serei

Não te vou abandonar

Pois só eu errei

Em tanto eu te amar.

publicado por sensei às 15:58

link do post | favorito
|
De fofinhatuga a 20 de Dezembro de 2007 às 16:40
Apesar de dizeres que não, acredito que nestas palavras existe algo que não contas. Pressinto.
Mas o poema esta verdadeiramente lindo, acredita...faz-me pensar muito e lembrar algo.
Adorei...apesar da tristeza que nele impera.
A mudança de tudo aquilo que sempre desejamos
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.Relogio

relojes web gratis

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Novo blog

. ADEUS

. PORTUGAL

. IGNORANCIA

. Mas que noite...

. SOZINHO

. Faltas-me tu

. Beijo

. Tenho medo de morrer

. O mundo pode acabar

.arquivos

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Contador

clasificados
clasificados
blogs SAPO

.subscrever feeds