Terça-feira, 16 de Outubro de 2007

Diz-me o meu valor

Começo a pensar,

Que se calhar,

Tinham razão.

 

As minhas amantes,

Bastante tolerantes,

Nisso de que o mau sou eu.

 

Será que vivi,

E nunca admiti,

Na ilusão.

 

De que lhes dei muito prazer,

Mesmo por vezes a saber,

Que poderia não ser verdade.

 

Começo a acreditar,

Que a razão de me deixar,

Não era só do meu feitio

 

Que sei que é ruim,

Mas nunca ditou o fim

De nenhuma aventura.

 

Será que vivi,

E até a mim menti,

Numa ilusão?

 

E que sem língua e mão,

O resto da armação,

Nunca as cativou?

 

Tenho a sensação

Que fui uma desilusão

Para quem comigo dormiu.

 

E sei que sempre assim serei,

Se calhar porque nunca me importei

Verdadeiramente das suas necessidades.

 

Será que errei,

E só agora me precatei,

E já vou tarde demais?

 

Porque por mim já passaram,

E até me abandonaram,

Mulheres que eu amei.

 

Será que no fim

Vou ficar assim

Sozinho a ver o luar?

 

Ou será que o luar

Também me vai abandonar

Por eu não o entender?

 

Já sei que sou mau,

Talvez mesmo banal,

Nisto do sexo e do amor.

 

Diz-me tu, mulher,

Será que eu sei ver

O que necessitas?

 

Diz-me se fui bom ou mau,

Espectacular ou banal,

Tu que comigo dormiste.

 

Diz-me, preciso de saber,

Para tentar perceber

O porquê da minha solidão.

 

Diz-me, para eu ver

Se ainda te posso ter

E amar-te de todo o coração.

 

Porque sei que sexo não é tudo

Mas sem sexo a vida é como um mudo

Que nem sempre se consegue explicar.

 

Sei que amor é mais importante,

Mas sem sexo torna-se distante,

E o que queremos é proximidade.

 

Porque todos somos animais

Com necessidades carnais

E o sexo é a melhor.

 

Digo eu que nada sei,

De virgem ainda não passei,

Mas é o que vejo em revistas e jornais.

 

Diz-me de verdade,

Sem pita de maldade,

Se tenho “valor”

No mais puro acto de Amor.

sinto-me: Virgem
publicado por sensei às 13:20

link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De fofinhatuga a 16 de Outubro de 2007 às 14:26
Bem continuo confusa:
és ou não virgem?
É que para mim os virgens não tem esses problemas de saber se satisfazem ou não uma mulher...cá para mim andas a esconder qlq coisa
Nas mãos e na lingua ha uma eximia arte da pesquisa e sedução e qt ao resto...bem, não acredito que nenhuma mulher se tenha queixado verdadeiramente;)
Eu pelo menos...não me queixei... de ter dormido ctg...não ressonas nem nd!Lol!
Tu és optimo e valor tens mt, tanto na arte de amar como na de dar prazer...bem é melhor nem dizer mais nd...pq dp n sei q faça

De Maria a 16 de Outubro de 2007 às 19:29
Sexo, como vc mesmo disse, qualquer animal pode fazer, mas penso que o amor é o sentimento que nos torna humano. Quem sempre faz sexo sem amor deve se tornar uma pessoa realmente vazia e solitária.
Com certeza até a lua um dia irá te abandonar.
De Maria a 16 de Outubro de 2007 às 19:34
Disse realmente que a amava??? Ou ficou esperando que ela adivinhasse como fazem a maioria dos homens????

Comentar post

.Relogio

relojes web gratis

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Novo blog

. ADEUS

. PORTUGAL

. IGNORANCIA

. Mas que noite...

. SOZINHO

. Faltas-me tu

. Beijo

. Tenho medo de morrer

. O mundo pode acabar

.arquivos

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Contador

clasificados
clasificados
blogs SAPO

.subscrever feeds