Quarta-feira, 10 de Outubro de 2007

Não me tentes mudar

Não me tentes mudar

Eu sou genuíno

Eu não me posso alterar

Já deixei de ser menino

 

Aprecia o que eu sou

Porque sou o que me fizeram

Não me aprecies pelo que te dou

Eu não apreciei o que me deram

 

Não me tentes mudar

Vou perder toda a graça

Era como aniquilar

A essência da minha raça

 

Vou sempre ter este jeito

De palhaço gingão

Não sei se será defeito

Ou se para ti é desilusão

 

Sou um animal

Não domesticado

Não um animal banal

Mas um animal mimado

 

Não te vou pedir

Que mudes por mim

Vou-te querer ter

Genuína de inicio ao fim

 

Vou gritar

Vou saltar

Vou ser eu

Até chegar ao céu

 

Não me peças

O que não te posso dar

Não me peças

Para eu mudar.

publicado por sensei às 15:58

link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De fofinhatuga a 10 de Outubro de 2007 às 16:04
Todos nós mudamos em detereminadas alturas da vida, mas o nosso intimo, esse, permanece intocável.
O que somos, os nossos sentimentos e até a nossa forma de levar a vida, essa permanece intocavel para sempre.
Tu és genuino, não mudes nunca...irão gostar de ti pelo que és e não por aquilo que podes vir a ser.

Comentar post

.Relogio

relojes web gratis

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Novo blog

. ADEUS

. PORTUGAL

. IGNORANCIA

. Mas que noite...

. SOZINHO

. Faltas-me tu

. Beijo

. Tenho medo de morrer

. O mundo pode acabar

.arquivos

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Contador

clasificados
clasificados
blogs SAPO

.subscrever feeds