Terça-feira, 2 de Outubro de 2007

ESTOU FARTO

Estou farto

De ser culpado de coisas que não fiz

De ser privado por coisas que alguém fez

Por não arriscares, comigo, ser feliz

 

Estou farto

De ser eu a apanhar com o teu mau humor

De me causares por vezes dor

Apesar de afirmares que por mim sentes amor

 

Recusas-te usar aliança

Porque o tinhas feito com o teu ex-namorado

E isso, se calhar, trazia-te á lembrança

Como ele por ti foi amado

 

Não liguei

Aceitei o não andarmos anilhados

Mas eu sei

Que tu revives sempre tempos passados

 

Pediste-me para me comportar

Em casa dos teus pais

Tiveste medo de mostrar

A pessoa com quem sais

 

Apresentaste-me como amigo

Quando já éramos namorados

E eu fiquei estarrecido

E o meu coração ficou em pedaços

 

Durou muito tempo

A historia da amizade

Ate que uma vez

Te pedi para dizeres a verdade

 

Demorou

Mas lá a verdade foi dita

A minha dignidade voltou

E começamos a ter uma vida

 

Termina-mos

E certa vez

Recomeça-mos

Porque me disseste que mudas-te de vez.

 

Disseste que podíamos

Se voltássemos a namorar

Podíamos fazer algo

Podíamos o passo em frente dar

 

E eu aceitei

E tu que fizeste?

Pois, eu até duvidei

Mas nada mais disseste

 

Passaram-se os dias

E tu não falavas

O tema era tabu

E com isso me magoavas

 

Quando te perguntei

Como é que ficávamos

Respondes-te: não sei

Mas que o passo em frente não dávamos

 

Foste maquiavélica

Só para eu para ti voltar

Deixei outra pessoa

Porque pensei que algo iria mudar

 

Comigo tu só ficas

Até à meia noite

Com os teus amigos

Para lá da meia noite

 

A mim dás-me a desculpa

Que tens sono, e por causa dos teus pais

É engraçado que com os teus amigos

Sono não tens e não importa até que horas sais

 

Será que te estas a vingar

Do que te fazia o teu ex-namorado?

Que a casa te ia deixar

E ia para a discoteca mais um bocado

 

Eu não tenho culpa

Que te quisesses com ele casar

Eu não tenho culpa

Porque não fui eu a empatar

 

Decidis-te ficar

Mais alguns meses na Alemanha

Só me vieste “informar”

Depois de decidida essa nova façanha.

 

Mais uma vez fiquei para trás

O corno foi o último a saber

Não merecia tão pouca consideração

Não merecia, a meu ver.

 

Eu não sou culpado

Que o trabalho te corra mal

Que estejas de mal humor

Mas apanho sempre por tabela no final

 

Seu que me ajudas-te

De muitas maneiras

Mas acho que não colmataste

As tuas faltas e asneiras

 

Prometes-te que íamos avançar

E não foi verdade

Comigo nunca quiseste arriscar

Esta é a única verdade

 

Viver comigo!!!

Não, é impossível

Era um desgosto para os teus pais

E se calhar também não te apetecia

 

Será que é verdade

Que gostas mesmo de mim

Ou será só vaidade

Para me passeares no jardim?

 

Talvez tu gostes

De passear

Este homem que te dá prazer

Só para o mostrar

 

Estou farto de mentiras

De avanços e recuos

De apanhar por tabela

Autênticos murros

 

Tens 30 anos

Deves saber o que queres

Espero que me digas

Desta vez a verdade, se conseguires

 

Porque de mentiras

Eu já estou farto

Desta vez quero a verdade

Quero a verdade seguida de acto.

sinto-me: FARTO DE MENTIRAS
publicado por sensei às 11:30

link do post | comentar | favorito
|
9 comentários:
De Catarina a 2 de Outubro de 2007 às 12:15
Pois muito bem.
Nao sei que te diga, mas se assim pensas! Sinto -me agora uma "empata".
Pode ser que ainda tenhas tempo de ir "apanhar" a outra ou quem saiba uma nova outra.

Só quero de verdade que sejas feliz!

Se feliz, ficarei feliz por ti :(
De sensei a 2 de Outubro de 2007 às 12:41
Não és empata. Gosto é da verdade e não do agora é e daqui a 5 minutos já nao é. Já sabias como isso me magoava.
E há coisas que nao volta. A pedra atirada, a palavra dita, e algumas oportunidades. E se calhar foi uma dessas que perdi porque acreditei na tua palavra. E não vou correr atrás de ninguem. Quero é a verdade da tua parte, capice? Será que és capaz de ma dar?
Se queres mesmo que seja feliz porque nao assumes o que queres, nao fazes o que dizes e prometes?
Sabes que isso me iria deixar feliz, nao sabes?
De Doidona a 2 de Outubro de 2007 às 14:39
Porque não assumem ambos o que querem?
Sabem que existem oportunidades que não se devem perder e vocês ainda podem mudar o vosso presente.
O passado já foi, houveram erros que se cometeram mas o futuro pode ser vosso.
Avancem, sejam felizes ambos, lutem por voces e pelo vosso amor.
De fofinhatuga a 2 de Outubro de 2007 às 21:53
Assumam o que querem, levem avante as vossas promessas...
A verdade que seja seguida do acto...a verdade acima de tudo
De Susana a 8 de Outubro de 2007 às 12:50

Andar ao sabor da indecisão dos outros só anda quem quer!!!!!
E o passado já não volta!!
Toma uma decisão!
De sensei a 8 de Outubro de 2007 às 14:46
Mas já a tomei.
Agora já tá tomada, não há volta.
E tens razao, que andar ao sabor das indecisoes dos outros so anda quem quer. Mas as vezes fazemos coisas que nao sabemos o porque, certo?
Sera que ati nunca te aconteceu?
De Susana a 8 de Outubro de 2007 às 21:11
Não deve haver ninguém que nunca lhe tenha acontecido....
Mas já diz o ditado "o coração tem razões que a própria razão desconhece"....
Mas depois de "levares alguns pontapés da vida" começas a ouvir muitas vezes a razão.....isso aconteceu comigo.
Mas como não somos todos iguais......
De sensei a 9 de Outubro de 2007 às 13:27
Pois. Mas eu caracterizado por pouco ouvir a razão. Por se verdadeiro e dizer o que acho sem olhar à razão e acima de tudo a imposturice, capice? E se começo a olhar para a razão começo a descaracterizar-me- lol
CApice?
De Susana a 9 de Outubro de 2007 às 19:11
Ouvir a razão não tem a ver com imposturice.....
Mas deixa te estar assim não te descaracterizes...

Comentar post

.Relogio

relojes web gratis

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Novo blog

. ADEUS

. PORTUGAL

. IGNORANCIA

. Mas que noite...

. SOZINHO

. Faltas-me tu

. Beijo

. Tenho medo de morrer

. O mundo pode acabar

.arquivos

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Contador

clasificados
clasificados
blogs SAPO

.subscrever feeds